HORA

Por Pedro Du Bois | 11/15/2011 09:32:00 AM em |

          Na hora
                (cedo)
                  cedo
                      ao cansaço

                  recolho o corpo
                  à cama

          olhos cedem
          ao escuro: a mente
                           cede espaços:

                                      sonho.

(Pedro Du Bois, inédito)
                       
        

2 comentários:

  1. Eryck Magalhães on 15 de novembro de 2011 21:45

    Belo poema!

     
  2. Pedro Du Bois on 23 de novembro de 2011 10:02

    Grato, Eryck. Abraços, Pedro.

     


O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Feeds RSS

Receba as novidades do Vale em Versos em seu e-mail

Livros do Vale

Apoiamos

Adicione

Arquivos