O Comandante

Por W.G. | 6/07/2009 09:53:00 AM em , , |

Era mestre em fazer aviãozinhos de papel. Muitos deles voavam alto e, arrancando suspiros, aterrissavam do outro lado do muro.
Um belo dia deram pela falta do Comandante.
Os guardas não souberam explicar como ele fugiu.
Seus colegas de hospício juram que foi num aviãozinho de papel.

[wgorj]

Wilson Gorj - Guaratinguetá/SP

2 comentários:

  1. Tonho França on 20 de junho de 2009 18:53

    Wilson, um belo Gorjeio!!!
    ficou muito bom esse micro
    parabéns Poeta
    abraço
    Tonho

     
  2. mural do ajosan on 14 de setembro de 2010 20:25

    Realmente muito criativo, amigo Wilson; que belo dom; parabéns!

     


O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Feeds RSS

Receba as novidades do Vale em Versos em seu e-mail

Livros do Vale

Apoiamos

Adicione

Arquivos