A Terra das Crianças Pretas

Por Paulo Franco | 6/23/2009 10:21:00 AM em , , |

E os soldados brancos
sentinelam as crianças pretas.
E as crianças pretas
já não brincam de marchar
e observam os desfilesdos soldados brancos.

E os soldados brancos
nunca brincam
vigiando
esta terra de crianças pretas.

E as crianças pretas
se acostumam a jamais serem soldados
e só brincam de crianças pretas
dominadas por soldados brancos.

.Pois que ser soldado
deve ser só para crianças brancas
que já nascem dominando
até os sonhos das crianças pretas.

Paulo Franco - Ribeirão Pires/SP

1 comentários:

  1. Tonho França on 24 de junho de 2009 21:28

    Poeta, meu caro e estimado amigo, esse poema é muito bom, acredito nesse tipo de arte questionadora, inquieta, que aponta o social sem perder o encanto.
    Muito bom "te ler"
    abraços
    Tonho França

     


O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Feeds RSS

Receba as novidades do Vale em Versos em seu e-mail

Livros do Vale

Apoiamos

Adicione

Arquivos