essas muralhas maravilhosas

Por valéria tarelho | 3/08/2010 02:05:00 AM em |


estátua de Joana d'Arc na Catedral de Notre-Dame, Paris

parcas, fúrias, musas
ninfas, sereias, bruxas
lobas, gatas, najas
leoas, coelhinhas, cadelas
rainhas do lar, da bateria, rainhas-más
executivas, voluntárias, escravas
atrizes, esposas, meretrizes
bregas, peruas, patricinhas
rendeiras, liberais, lavadeiras
mumificadas, falsificadas, siliconadas
fadas, princesas, borralheiras
anjos, demônios, santificadas
amantes, namoradas, abandonadas...

afrodites, julietas, amélias
evas, dianas, nefertites
junos, medusas, belas
cinderelas, rapunzéis, malévolas
florbelas, cecílias, coralinas
hildas, marthas, lyas
madres teresas, mães-menininhas, madalenas...

garotas:
de ipanema, programa, propaganda
das telas, dos tanques, das ruas
do olimpo, dos contos, pés na terra...

fêmeas, feministas, femininas
meninas-poderosas
mulheres-maravilhas

um ar de maria
um quê de marylin
um toque leila diniz

joanas d'arcs
armadas de duplo xis


valéria tarelho

1 comentários:

  1. Eryck Magalhães on 9 de março de 2010 18:05

    Belo poema-homenagem ao dia internacional das mulheres. As mulheres multifacetadas... Bela escolha da imagem... Joana Darc sintetiza várias facetas que se encontram no poema.

     


O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Feeds RSS

Receba as novidades do Vale em Versos em seu e-mail

Livros do Vale

Apoiamos

Adicione

Arquivos