pelo dia internacional dela

Por valéria tarelho | 3/21/2010 11:05:00 AM em , |


foto: arquivo pessoal


antídoto


para pé no saco
:
poesia

para carrapatos
sanguessugas
parasitas
:
poesia

para os fracos
fiascos
fracassos
:
poesia

para quem se acha
se queixa
e todo chato
de galochas
:
poesia

para 'peçonhas non gratas'
escorpiões
najas
jararacas
:
poesia

para mau-olhado
diz-que-diz-que
nhenhenhém
zunzunzum
blablablá
lero-lero
chororô
tititi
:
poesia

e um sonoro
tô nem aí


valéria tarelho

2 comentários:

  1. susannah on 21 de março de 2010 12:28

    Poesia para arejar e exorcizar os diabos! Viva a maldita!! e bendita para sempre!
    Bjs!

     
  2. mural do ajosan on 21 de março de 2010 16:27

    Rico texto, Valéria, e tem toda razão: a poesia é antídoto para qualquer mal, seja ele qual for. Abraços.

     


O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Feeds RSS

Receba as novidades do Vale em Versos em seu e-mail

Livros do Vale

Apoiamos

Adicione

Arquivos