INFINITAS

Por Pedro Du Bois | 12/14/2010 01:57:00 PM em |

Confuso espírito
atropeladas ideias
sensação de perda
infinita

configuro o espírito
idealizo ideias: sensação
de infinita perda

extremada mãe
insubstituível pai: infinita
perda insensata.

(Pedro Du Bois, LIVRO DO NADA, Edição do Autor)

2 comentários:

  1. mural do ajosan on 15 de dezembro de 2010 23:52

    tem razão meu amigo; é uma perda insubstituível; abraços.

     
  2. Pedro Du Bois on 16 de dezembro de 2010 14:48

    Grato, Afonso, pelo retorno. Abraços, Pedro.

     


O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Feeds RSS

Receba as novidades do Vale em Versos em seu e-mail

Livros do Vale

Apoiamos

Adicione

Arquivos