subjetivo

Por valéria tarelho | 12/12/2010 10:12:00 AM em , , |

vale vasto
vago vácuo
onde verso
viro vivo

são josé
dos campos
que versejo
- invisível -

invisto
invento
invalido
o prefixo
:
visto
vento

vale [nave]
me leva
que eu voo


valéria tarelho

2 comentários:

  1. Eryck Magalhães on 12 de dezembro de 2010 13:11

    Belo poema. Não há melhor lugar para postá-lo do que aqui, no Vale em Versos. Parabéns!

     
  2. mural do ajosan on 15 de dezembro de 2010 23:53

    Belo jogo de palavras, poetisa construídos num belo poema; abraços.

     


O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Feeds RSS

Receba as novidades do Vale em Versos em seu e-mail

Livros do Vale

Apoiamos

Adicione

Arquivos