DESESPERAR

Por Pedro Du Bois | 11/06/2009 10:50:00 PM em |

Não espero
aguardo que aconteçam
na hora certa.

Faço a hora:
abstraio o Vandré.

Espero
não aguardo que aconteçam
na hora incerta.

Não espero acontecer:
de novo o Vandré.

A culpa me aguarda
quando perco
a hora da espera.

(Pedro Du Bois, AS PESSOAS NOMINADAS)

1 comentários:

  1. Eryck Magalhães on 11 de novembro de 2009 14:39

    Belo poema!

     


O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Feeds RSS

Receba as novidades do Vale em Versos em seu e-mail

Livros do Vale

Apoiamos

Adicione

Arquivos