o homem

Por Eryck Magalhães | 11/02/2010 09:56:00 PM em |


cadáver de si mesmo
na lasca de unha
                               cor|
                                     tada

no fio de cabelo
                          c
                          a
                           í
                           d
                           o

na célula
                    des   pren   di  da

vestígios de corpo
sem despedida

2 comentários:

  1. Tonho França on 5 de novembro de 2010 23:30

    Eryck, é a sua marca, belíssimo poeta, belíssimo.
    Olha, ta aí um bom pro Mapa,pensa nisso.
    abraço
    tonho

     
  2. Cláudio Costa on 15 de novembro de 2010 23:02

    Muito bom meu caro Erick

     


O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Feeds RSS

Receba as novidades do Vale em Versos em seu e-mail

Livros do Vale

Apoiamos

Adicione

Arquivos