Escrever, para meu amigo Mala

Por JURA | 8/05/2011 10:18:00 PM em |

Escrever me define o que sou, quem sou, e o que vejo do que outros são.
Escrever dói, arranha, anima, ânima.
Alma, blues, "todo amor que houver nessa vida"
Escrever me salva de mim mesmo.

1 comentários:

  1. Simone MartinS2 on 6 de agosto de 2011 18:34

    Boa noite...escrever é tentar por para fora tudo o que nos incomoda, tudo que amamos ou odiamos, vontades, desejos, sonhos ou pesadelos, enfim, arrancar tudo, extirpar e esperar que algum leitor nos leia...Eu sou o Mala...rsrsrs

     


O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Feeds RSS

Receba as novidades do Vale em Versos em seu e-mail

Livros do Vale

Apoiamos

Adicione

Arquivos