PEDIR

Por Pedro Du Bois | 5/18/2012 11:14:00 AM em |

peço para apagarem as luzes
prefiro o escuro pano sobreposto

peço respostas: sou perguntas
peço misericórdia: sou
a acusação imprecisa

ter chegado não alivia a carga
trazida nas costas lanhadas
em atravessado trajeto de retorno

peço para dizerem seus nomes
são o silêncio: sinto suas mãos
sobre meu corpo erguido alçado
sustentado: sou transportado
ao lugar de origem: grades
fechadas em portas entreabertas
onde me instalo.

(Pedro Du Bois, A CASA DAS GAIOLAS, XXX, revisto, 2a. Edição, 2005, Ed. do Autor)

1 comentários:

  1. cimatti on 19 de maio de 2012 10:57

    Gostei! Clima pesado e soturno. Como alguém que chega de uma batalha que não é sua em um lugar que não é seu. Ando me sentindo assim, ultimamente.

     


O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Feeds RSS

Receba as novidades do Vale em Versos em seu e-mail

Livros do Vale

Apoiamos

Adicione

Arquivos