Descobrimento

Por Eryck Magalhães | 7/14/2010 03:05:00 PM em |

No meio da mata fechada
a índia nua e virgem...

O português cristão
nunca amou tanto o próximo
como a si mesmo.

(Eryck Magalhães, Ecos e outros versos, 36)

2 comentários:

  1. JURA on 14 de julho de 2010 16:52

    ponto alto da poesia, de toda poesia

     
  2. mural do ajosan on 16 de julho de 2010 20:57

    Esta é demais kkkkkkkkkkkkk!!!! ótima!!!

     


O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Feeds RSS

Receba as novidades do Vale em Versos em seu e-mail

Livros do Vale

Apoiamos

Adicione

Arquivos