Cafezin

Por Duda Araújo | 10/01/2010 10:36:00 PM em |

Ninguém acredita
Que eu tome café sem açúcar
Uns dizem argh, outros urgh
Me dão adoçantes
e olhares estranhos
Se é normal
Se é expresso
As vezes se espantam
Quando peço
E ainda me estranham
Acham graça, duvidoso
Que meu café sem açúcar
Continue gostoso
Pois a vida pra mim já é doce
e mesmo se não fosse
Meu café continuaria
Em casa ou
Na padaria
Com o gosto verdadeiro
Sem tirar nem por
Pois eu curto o sabor
do meu café brasileiro


Duda Araújo

1 comentários:

  1. mural do ajosan on 3 de outubro de 2010 23:12

    muito boa homenagem ao nosso café, Duda.

     


O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Feeds RSS

Receba as novidades do Vale em Versos em seu e-mail

Livros do Vale

Apoiamos

Adicione

Arquivos